Grupo promove festival sem nenhum apoio

Admiro a disposição de quem quer guerrear por meio da arte, de um trabalho artístico que faz a diferença em seu bairro/cidade/região/Estado/País. Acredito na força das pessoas, da união, do amor àquilo em que se acredita e da arte enquanto veículo de transformação de si mesmo, do outro e da sociedade.

Soube via Facebook de uma iniciativa muito bacana que vai rolar em Suzano/SP, organizada pelo grupo Teatro Contadores de Mentira. Divulgo aqui não apenas pensando em atingir alguém que possa prestigiar a ação in loco, uma vez que meu blog tem um foco mais local e a gente nunca sabe quem acessa o conteúdo disponibilizado na internet. Divulgo, principalmente, para servir de exemplo e inspiração a todos nós que em muitos momentos pensamos em desistir. Se não conseguimos ganhar dinheiro, que a gente pelo menos se divirta, faça algo importante, mude algo em alguém, sei lá.

Meus cumprimentos a essa galera que faz a diferença, que não tem preguiça, que ousa e acredita, que trabalha não só por si, mas para os outros. É disso que se faz o mundo, que se muda o mundo! Abaixo, o texto compartilhado pelo grupo nas redes sociais:

extirpe

“Com muito orgulho e mãos calejadas, realizaremos no mês de setembro o “E(s/x)tirpe – Encontro Para Celebração e Rito”. Um Encontro de assentamento e partilha. Serão 34 atividades: espetáculos de Teatro, Dança, Música, Workshops, Intervenções; Bate-papo, Banquetes.

“E(s/x)tirpe” é um festival alinhado por uma dramaturgia cujo tema é memória e assentamento de resistência cultural. É um festejo onde se reúnem apresentações de grupos que possuam identidade nas margens onde produzem. Grupos que criam contágios em seus territórios. É um encontro onde se demarca a terra onde está situado o Teatro Contadores de Mentira, onde os sentimentos de guerrilha e festa se diluem em dias e noites de “celebração e rito”.

Queremos agradecer imensamente a todos que estão nos ajudando direta e indiretamente, e sobretudo aos grupos e artistas que estão compartilhando do seu trabalho e vivência conosco sem cachê algum, que estarão conosco durante esses 18 dias de Festa reafirmando a nossa (re)existência, comprovando que as relações construídas são de fato o que nos sustenta.

É preciso dizer também que este Encontro é um ato social de militância e guerrilha, que propõe a reflexão sobre as inquietações filosóficas, estéticas e políticas que movimentam nosso grupo há quase 20 anos.

Realizaremos este Festival sem NENHUM recurso, sem apoio algum da PREFEITURA MUNICIPAL DE SUZANO, iremos propor para a cidade um Festival de alta qualidade, com grupos que são referências no que fazem. Iremos oferecer para Suzano em 1 mês e sem dinheiro algum, mais do que o poder público local ofereceu em quase 2 anos!

Fazem parte deste Encontro: Cia do Latão; Cia do Tijolo; Lume; Morpheus Teatro; Buraco d’Oráculo; Pombas Urbanas; Parlendas; Marmorhaus; Kléber Albuquerque; Dual Cena; Sansacroma; Cia. Anônima de Teatro; Bando Trapos; Jonatha Cruz; Grupo Andaime; Jabuticaqui; MAtula e Boa Cia.; Juá de Casa Forte; Pontos de Fiandeiras; Estudo de Cena; Santa Cia. Cia. Estável; Sound Sujos; Tecelagem; Teatro Girandolá; Georgette Fadel; Roberto Rosa; Antonieta Jorge; Carminda Mendes André; Sérgio Pires, Antônio Chapéu e Clarianas.”

A programação completa está aqui.

***

E aqui em Maringá, outra iniciativa bem bacana: a Cia Pedras realiza a terceira edição da Mostra Pé na Rua, também sem nenhum financiamento público. Haverá uma pré-estreia no próximo dia 11 com a oficina “Luz, cor e ação: Iluminação cênica criativa através do computador”, ministrada pelo grupo Coisa Nostra (Recife-PE) na sede da Cia Pedras. As inscrições são limitadas e custam R$ 25. Fique por dentro do restante da programação:

* Espetáculo: “A Bola”

Grupo: Palhaça Chimoni (Goiânia-GO)

Quando: 13 de setembro, às 9h30

Onde: Feira da Avenida Mauá

 

* Oficina: “Brinquedos Sonoros”

Grupo: Palhaça Chimoni (Goiânia-GO)

Quando: 14 de setembro

Onde: Cia Pedras

Horário: das 8h30 às 12h e 13 às 17h

Valor: R$25

 

Sexta, 26 de setembro 

*Performance: Quadros vivos

Quando: 10 às 12h

Onde: Calçadas da Avenida Brasil

 

* Oficina de Tecido Aéreo e Lira

Quando: 14 às 17h

Ministrante: Cia Pedras

Onde: Cia Pedras

Valor: R$25

 

* Espetáculo: Encontro com Caetana

Quando: 19h

Onde: Feira do Jardim Alvorada

 

Sábado, 27 de setembro

* Performance: Quadros vivos

Quando: 10 às 12h

Onde: Calçadas da Avenida Brasil

 

* Espetáculo: “Novos Palhaços”

Quando: 9h30

Onde: Feira Willie Davis

 

* Oficina de Confecção de Máscaras

Quando: 12 às 15h

Ministrante: Cia Pedras

Onde: Cia Pedras

Valor: R$25

 

Domingo, 28 de setembro

* Espetáculo: “Números”

Quando: 9h30

Cia Os Palhaços de Rua (Londrina)

Onde: Feira Mauá

 

* Oficina “O Circo na Comunidade”

Ministrante: Cia Os Palhaços de Rua

Quando: 13 às 16h

Onde: Cia Pedras

Valor: R$25

As informações foram retiradas deste site e podem sofrer alterações. A Cia Pedras fica na Avenida Bento Munhoz da Rocha Netto, 545, próximo ao Teatro Barracão.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: